Em Igreja. Na Comunidade.

Terça-feira, 23 de Junho de 2009
Homenagem aos Sacerdotes

tags:

publicado por Padre às 18:37
link do post | comentar | favorito

Servir a Cristo sim, por que não?

tags:

publicado por Padre às 18:31
link do post | comentar | favorito

Ser Sacerdote

tags:

publicado por Padre às 18:29
link do post | comentar | favorito

Súplica do Sacerdote diante do Coração de Jesus

Amado Jesus, Coração ardente de amor, razão da minha vida: Tu sabes tudo, tu sabes que eu te amo!

 

Pousando o meu olhar nas chamas fúlvidas que brotam do teu Coração, quero gemer por causa dos meus pecados e exultar por ver que nenhum deles consegue fugir do teu perdão. Confio na tua misericórdia!

 

Assim me prostro. Joelhos ao chão. Tez baixa. Humilhado pela multidão de meus pecados. Exaltado pela sublimidade da vocação que recebi do teu Coração.

 

Elevo as minhas mãos em direcção ao teu Coração. As mãos que tu, um dia, ungiste abundantemente com o óleo santo. Preservaste, consagraste, separaste minhas mãos para que fossem instrumentos dos teus milagres neste mundo. Depois do ventre santíssimo de Maria, só minhas mãos têm a honra de te amparar, por causa do Chamado que brotou do teu Coração. Erguendo-as, enquanto os próprios anjos se inclinam para confirmar a prece, rendo-me ao teu Amor e te louvo pela honra de te louvar!

 

Mestre amigo, refúgio da minha alma! A tua Fidelidade me atrai. Como fugir da força da tua santidade que um dia me seduziu? Percebo que a chaga do Teu coração tem a exacta medida para o meu Coração. Se em ti encontro tanto repouso e descanso, concede-me pela misericórdia mesma que revelas, a graça de que todos os que se aproximarem de mim, experimentem a tua paz e descansem como se reclinassem sobre teu Coração.

 

Que eu seja aquilo que minha identidade sacerdotal é. No ritmo do pulsar de teu Coração, eu possa mais e mais assemelhar-me a ti. Molda meu coração ao teu.

Que eu nunca me canse; mesmo quando for alvo da incompreensão e da calúnia.

Que eu nunca me canse, mesmo quando os sofrimentos da vida quiserem cegar minhas convicções.

Que eu nunca me canse, especialmente quando eu enxergar com os teus olhos a ingratidão daqueles que tanto recebem de ti!

 

Dá-me um Coração igual ao teu.

Um Coração de Pastor.

Um Coração atraente pela mansidão.

Um Coração convincente pela humildade.

Um Coração incansável no perdão e na doação.

 

Cura-me de toda amargura. Liberta-me de toda opressão e impaciência! Faz-me arauto da tua Verdade e defensor da tua Justiça. Confirma-me, anunciador da tua misericórdia!

 

Ó Coração Santo, que desposaste minha’alma. Que eu seja capaz de levar a todos o teu refrigério. Quem se aproximar de mim, consiga encontrar descanso como se estivesse recebendo tua visita amável.

Que eu jamais me separe de ti!

 

Amém!

 

In: Comunidade Coração Fiel

 

 

 



publicado por Padre às 18:14
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Ano Sacerdotal

Ano Sacerdotal: Pe. Nélio...

Eu queria ser padre, mas ...

Oração do Sacerdote

Oração pelos Sacerdotes

Abertura do Ano Sacerdota...

Ano sacerdotal

SERVIÇO DO POVO DE DEUS

Homenagem aos Sacerdotes

Servir a Cristo sim, por ...

Ser Sacerdote

Súplica do Sacerdote dian...

arquivos

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

tags

todas as tags

as minhas fotos
blogs SAPO
subscrever feeds